quinta-feira, 6 de maio de 2010

Agora eu Tenho meu Anjo




Se lembra da primeira vez que nos falamos? eu senti tanto por vc, e eu não quero esquecer.. Agora eu tenho meu anjo, não irei deixa-lo partir dessa maneira, não abrirei os olhos tenho medo de vc desapareça.. voarei com com vc, aonde nossos espíritos nos levarem. Eu sei que vc pode ler minha áurea e não há como esconder que somos um do outro.

Não voe para longe, eu estou por perto e sei que tem a chave do meu coração e sabe me decifrar.
Então decifra-me.. E eu adoro o abstrato, e adoro você , não precisa fazer esforço para agradar.. a simplicidade faz parte de mim, então faz parte de nós. Voe comigo, me ensine a voar. Me cubra com tuas asas não me deixe no frio...

Esteja comigo, nas minhas idas e vindas, nos meus altos e baixos, nos muros altos que não consigo escalar, e quando meu mundo está desmoronando vc pode está la comigo, não me deixe só. É muito difícil pra mim, assim como é a você ser estável. Sinto que algo pode acontecer, mas não sei explicar com palavras, será que você pode sentir por mim? no meu lugar?

Tudo isso é muito frágil e penso que talvez se quebre com um único toque de mãos é um risco que estou correndo, eu não quero que voe só, porque eu estou aqui, então eu preciso de você, preciso te sentir, refugiar minha alma em seu Ser , me abrigar em ti, aconchegada pairando bem de leve sob ti, se você escutar um sussurro calmo como um brisa doce, sou eu acariciando sua alma.

Um comentário:

Gil Vesolli disse...

Obrigada pela visita e pelo comentário. O Abrindo acabou sendo deixado de lado porque minha relação com o vinho acaba sendo minha relação com o mundo. E talvez eu já não esteja tão aberta para escrever no Abrindo...
Gostei do seu blog! Visitarei-o sempre que puder. Beijos.